RSS

Arquivo mensal: dezembro 2014

Os números de 2014 e algumas visões de 2015 !!!

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2014 deste blog.

Agradeço muito todos os que visitaram e visualizaram em especial aos que se registraram seguidores. Minha maior expectativa é de eu mesmo ser mais assíduo e frequente nas publicações assim que estiver novamente instalado em São Paulo como base de trabalho e de estudos .

Os quase sete anos de vida no interior do Estado de São Paulo só me fizeram maior admirador do povo Paulista , do empreendedorismo tradicional das cidades do interior que tiveram em sua trajetória a oportunidade de ver desenvolver agronegócio , indústria e comércio além da simples subsistência . Certamente houve no seu tempo políticos e empresários com visão e desprendimento . Houve tempo de construir para o bem comum e foi bem aproveitado. Os bons exemplos atuais são poucos. Minha frustração com a escolhas de prefeitos de Marília e Ribeirão Preto foram todas fruto de um segundo mandato intempestivo. Quanto a Marília a esperança de um mandato do filho que não seja seguidor do pai e minha expectativa para Ribeirão preto é que estejam aprendendo a lição desde 2013 , dado que o abandono da cidade é patente e vigente e assim o será para mais 2 anos !

Quanto ao Brasil , me coloco no mesmo grau de esperançar para que a oposição de fato se apresente com ética e responsabilidade , mas com energia , foco e determinação prometidas após outubro de 2014 . Mais 4 anos de uma aberração política sustentada por votos em urnas mal esclarecidas mas certamente por elas.

Ao ler sobre Lima Barreto através do Roberto Pompeu de Toledo , entendo que encontrei o fio da meada para a autodenominação orgulhosa e prepotente , além de arrogante , que o Lulla sempre usou para falar do PT como partido republicano. Escondia no sentido republicano da palavra o bolivarianismo tão caro e tão querido para eles , mas no fundo replicava a realidade da primeira republica que tinha cunhos ditatoriais dos militares , e que na 2a republica deixou as marcas indeléveis da ditadura Vargas tão elogiada pelo ex presidente do PT . Dizia assim no livro Numa e a Ninfa , sobre o tema : ” Vamos ter um governo forte !” ” A ditadura não é isso que vocês pensam . É a Ditadura Republicana !” , ” Em que consiste a diferença ? Consiste em suprimir , em diminuir as atribuições desse Congresso , dessa Justiça que perturbam o governo !” – Achei Fantástico o achado a partir da pesquisa do Pompeu nos romances do Lima Barreto !

Quanto ao Novo Ano tenho objetivos claros de seguir com os caminhos de consultoria , a experiência de ser conselheiro independente e a continuidade de trabalhos que muito tem me realizado e melhorado como pessoa e como profissional , que é o de Career Coaching e Menthoring , e Executive Coaching e  Advisoring.

A readaptação à vida em São Paulo Capital talvez seja o maior desafio mas para isso estou construindo um modelo que pode dar certo : São Paulo como Metrópole está cada vez mais inviável para uma qualidade de vida que não respeite o velho conceito de ” Província ” . Isto é , Imagine que para viver bem em São Paulo, todas as suas necessidades fundamentais devem estar no raio máximo de 5 a 7 quilômetros. Exceções devem ser eventos sociais e culturais esporádicos. Quanto ao trabalho , enquanto não houver melhor malha metroviária com excelente conexão com ônibus e trens a escolha do local de trabalho e vivência deveriam se possível , seguir o mesmo critério. Profissões que se locomovem como área comercial ,visitas à clientes devem considerar sempre o Metrô ou horários alternativos já impostos pelo rodízio. Daqui um ano comentarei a experiência !

Feliz Ano Novo e com muita saúde , alegrias , trabalho, Paz de Espírito e Amor ! Até 2015 !

Aqui está um resumo:

Um bonde de São Francisco leva 60 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 1.600 vezes em 2014. Se fosse um bonde, eram precisas 27 viagens para as transportar.

Clique aqui para ver o relatório completo

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 30/12/2014 em Geral, Pessoal

 

Tags: ,