RSS

O desafio dos 100 dias .

28 out

O desafio dos 100 dias.

Criou-se uma expectativa generalizada de o que deve ser feito ou foi feito nos primeiros 100 dias de um governo ou nos primeiros 100 dias de uma gestão.
De onde vem isso? Da guerra dos 100 dias, marcante vitória israelense sobre árabes ainda na década de 60?
Segundo José de Souza ( em opinião de abril de 2011) a guerra dos 100 dias assim se explica : Rege a lenda política que se nos primeiros cem dias de governo não houver mudança dificilmente acontecerá, ou ainda, que esse período busca retratar todo o rosto de um mandato político.
Existe uma menção clara de 100 dias de governo para Napoleão Bonaparte ao regressar do exílio na ilha de Elba e assumindo o governo da França com um exército aliado que depois foi derrotado pelos Ingleses na famosa batalha de Waterloo. Teria o seu novo governo durado 100 dias.
Sem qualquer pretensão de fazer ironias os 100 dias de um executivo em geral contam exatamente 10 dias depois do período legal de experiência cujos termos são bem explicados na CLT.
Ocorre que, salvo para um político eleito, de quem se espera que o conhecimento e diagnóstico de situação, ao menos da parcela da sociedade que pretende representar ou governar no executivo, seja uma premissa. Isto é , mudanças de governo nos primeiras 100 dias não são mais do que obrigação porque o candidato ao cargo executivo , político profissional por excelência teve ao menos 180 dias de estudo , diagnóstico e até de plano de ação , tático e estratégico para seus primeiros dias . Oxalá Haddad pense assim….
Já para o executivo, os 100 dias incluem a necessidade, obrigatoriedade, responsabilidade de um diagnóstico o mais completo e mais correto possível e as primeiras decisões, ações efetivas, implementações e mais ainda direcionamento básico tático estratégico, além do não menos importante, iniciar um processo de comunicação ampla e irrestrita que possa criar o início de uma confiança que foi depositada de início pelos stockholders mas que precisa ser ampliada para os stakeholders mais próximos ,o que sem dúvida incluem os fornecedores e clientes, mas em primeira, mão deve considerar os seus colaboradores , em geral , estes pré-existentes na organização.
Ou seja , não me parece muito equânime e justo comparar 100 dias de governo entre um eleito para função executiva de governo e um contratado para exercício de função gerencial de alto nível em qualquer tipo de organização privada. Isto é , a questão da expectativa e do julgamento ou avaliação de 100 dias do executivo não deveria levar nenhum comparativo ou premissa de base semelhante ao julgamento dos eleitores e imprensa de um governante recém eleito para cargos executivos , quais quer que sejam . Para eles é necessário maior detalhe , precisão e rigor dado que as condições são desiguais.
Por outro lado o que se verifica? Que executivos profissionais são muito mais efetivos, precisos e ágeis no diagnóstico , decisão e ação reparadora do que os políticos . Isso tem uma base, de viés político, em vários países inclusive o Brasil. Não se elege para prefeito, governador e presidente um bom gerente, um bom administrador ( como defende nosso professor Stephan Kanitz ) . Elegemos políticos cujos compromissos ideológicos e fisiológicos são maiores do que qualquer pretensão de ampliar o bem comum e de pragmaticamente devolver aos eleitores melhorias reais em sua infraestrutura de vida, em sua qualidade de vida e em sua possibilidade de em liberdade de ser, desenvolver seu papel na sociedade enquanto trabalhador e stakeholder de tudo o que existe e por ele existe!!!
Completei 100 dias de executivo na Santal dia 21 de setembro e acredito que o relatório foi satisfatório para todos os genuinamente interessados no sucesso do projeto Santal na amplitude da AGCO. Serei minimamente rígido e rigoroso com o Haddad agora que é a vez dele na cidade onde nasci !
Até a próxima eleição !
Marcos C Ribeiro

Anúncios
 
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s